sexta-feira, 7 de maio de 2010

Gafe da Dilma: “Após três programas, PT suspende produção do “Fala Dilma”, publica Folha de São Paulo


Após três programas, PT suspende produção do “Fala Dilma”

Criado com o objetivo de espalhar diariamente pela internet e por rádios do interior do país entrevistas em que Dilma Rousseff (PT) falaria sobre “importantes temas da agenda nacional”, o “Fala Dilma” empacou no terceiro episódio e não tem atualizações desde a quinta-feira da semana passada.

No dia 27, o programa começou a ser veiculado no site da petista (http://www.dilmanaweb.com.br/) com a promessa de que “de segunda a sexta-feira” seria colocada no ar uma entrevista com Dilma, produzida por sua assessoria.

“Os internautas e os comunicadores de rádio poderão ouvir ou fazer o download livre”, apregoava o site, se referindo aos áudios de cerca de 5 minutos em que a ex-ministra discorria sobre temas formulados por sua equipe.

Nos três únicos programas veiculados até agora (na terça, quarta e quinta da semana passada), Dilma falou sobre Bolsa Família, valorização dos professores e carteira assinada. Em um deles, fez referência ao presidente da República em 1909 como sendo Arthur Bernardes em vez de Affonso Penna ou Nilo Peçanha, que ocuparam a cadeira naquele ano.

Isso apesar de a petista falar, nos programas, com um tom e ritmo similares à de quem lê um texto. Nos últimos tempos, a petista tem passado por treinamento para melhorar o desempenho diante de microfones e gravadores.

De acordo com sua assessoria, a gravação do “Fala Dilma” foi interrompida pela combinação de agenda lotada e problemas de voz da petista. Mas, ainda segundo a pré-campanha do PT, a sua produção deve ser retomada futuramente.



Serra repudia "ato de violência"

Empurrões. Professores do Estado, em greve há quase um mês, protestariam contra Anastasia, e acabaram tentando agredir Serra.

O ex-governador paulista José Serra (PSDB) classificou de "tropa de assalto" o suposto grupo de professores do Estado que tentou agredi-lo durante sua chegada ao encontro de prefeitos no Expominas. De acordo com o pré-candidato à Presidência, a perturbação causada pelos manifestantes foi um ato de violência.

"Hoje (ontem) tinha um debate muito importantes com os futuros candidatos à Presidência para discutir coisas importantes. Querer perturbar isso foi um ato de violência", afirmou Serra, que negou ter sido atingido.

A atitude dos agressores foi questionada ainda pelo governador Antonio Anastasia (PSDB), que levantou suspeitas sobre o real motivo da confusão. "Não pareceu coisa normal. Temos que indagar: qual será o real propósito? Será de natureza salarial? Ou temos aí outros interesses por trás?", indagou.

A confusão que marcou o primeiro encontro dos três principais pré-candidatos ocorreu pouco antes do início do debate. O motivo foi o confronto de apoiadores do PSDB e de professores da rede estadual de ensino de Minas, que estão em greve há 29 dias. O alvo era o governador Antonio Anastasia, que não compareceu ao congresso.

Os manifestantes conseguiram entrar no acesso ao auditório e se sentaram no chão, à espera do governador, sob os gritos de "Aécio e Anastasia: a mesma porcaria" e "Educador na rua. Anastasia, a culpa é sua".

Causa. Na chegada de Serra, a segurança acabou permitindo que os apoiadores tucanos seguissem com ele até o auditório, mas eles se encontram com os professores, que partiram para cima de Serra. Depois de muito empurra-empurra, ele teve que entrar por uma porta lateral e passar por um corredor anexo. A Polícia Militar chegou a utilizar spray de pimenta para dispersar os professores. Não houve informações de feridos.

“Minas do Futuro” debate as políticas sociais e a promoção da equidade

Mais um seminário dentro da série “Minas do Futuro” será realizado na segunda-feira, dia 10 de maio, desta vez com o tema “As políticas sociais e a promoção da equidade: o papel do Governo de Minas”. A promoção é do Instituto Teotônio Vilela (ITV/MG), órgão de estudos e formação política ligado ao PSDB; Fundação Astrojildo Pereira, do PPS; Fundação Liberdade e Cidadania, do DEM, e Fundação Milton Campos, do PP.

Comissão da ALMG vai avaliar potencial turístico de Monte Sião


Uma avaliação de possíveis ações incrementadoras do turismo em Monte Sião (Sul de Minas), visando à Copa do Mundo de 2014, será o objetivo de audiência pública proposta pela Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O requerimento para realização da visita ao município, de autoria do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), foi aprovado nesta quarta-feira, dia 5, pela comissão. Ainda não há data para realização da visita. Além do requerimento, a comissão aprovou duas proposições que dispensam apreciação do Plenário.

Monte Sião é citada como a capital nacional do tricô. Possui cerca de 2 mil empresas especializadas na atividade. O centro da cidade tem centenas de lojas, que transformam o local em um verdadeiro shopping center a céu aberto, atraindo visitantes pela qualidade e originalidade das peças produzidas em lã, linha e fios acrílicos.


Fonte: Assessoria de Imprensa da ALMG

Aprovado relatório sobre PEC que reajusta Constituição Estadual à Federal


A Comissão Especial da PEC 54/09 aprovou relatório do deputado estadual Ademir Lucas (PSDB) que propõe alterações na Constituição Estadual para que seja adequada à Federal. A PEC é resultado do trabalho da Comissão Extraordinária dos 20 anos da Constituição do Estado, de autoria dos deputados estaduais.

Segundo Ademir Lucas, “as alterações são importantes, porque vão repercutir na aplicação de direitos fundamentais e nas instituições públicas estaduais.” A Comissão deu prioridade às mudanças relacionadas às reformas administrativa, tributária, financeira, do Judiciário e da Previdência.

Em seu relatório, Ademir Lucas destacou que “a correção da situação de insegurança jurídica da Constituição mineira com a Federal é imprescindível para que sejam evitados oportunismos, além de impedir restrições judiciais à atuação do Estado.”

Todas as alterações no Poder Judiciário têm como finalidade facilitar o acesso à Justiça, como a determinação de que o número de juízes em uma comarca seja proporcional à demanda da população, instituição de câmaras regionais e previsão da instalação da Justiça itinerante.

A PEC também propõe alterações relacionadas ao regime de previdência do servidor, como a previsão do tempo de serviço e a possibilidade de criação de regime de previdência complementar para servidores do Estado.

A PEC 54/09 está pronta para ser votada em primeiro turno, no Plenário.



Fonte: Assessoria de Imprensa do deputado Ademir Lucas

Serra defende mais repasses para Minas durante painel em Belo Horizonte


O pré-candidato do PSDB é presidência da República, José Serra, defendeu nesta quinta-feira, dia 6, mais repasses do Governo Federal para Minas Gerais durante o 27º Congresso Mineiro de Municípios, realizado em Belo Horizonte. O congresso foi promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM) . Serra foi convidado a debater para uma platéia de prefeitos e políticos o tema “Autonomia Municipal: realidade ou utopia?”. Também participaram do painel as pré-candidatas Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV).

José Serra iniciou sua participação falando sobre a experiência como prefeito da cidade de São Paulo e a importância disso em sua carreira política. “Eu achava que a vida pública só poderia ser completa se eu fosse prefeito alguma vez. Porque o prefeito é que está cara a cara com a população”, disse.


quarta-feira, 5 de maio de 2010

Centro de Arte Contemporânea recebe exposição Onde a Água Encontra a Terra


O Centro de Arte Contemporânea e Fotografia da Fundação Clóvis Salgado recebe, a partir deste sábado (8), a exposição Onde a Água Encontra a Terra. A mostra levará o público a pensar e discutir as relações entre dois elementos da natureza – água e terra - passando por questões fundamentais da teoria da Cultura. Com curadoria de Paulo Herkenhoff, as imagens registradas pela americana Carol Armstrong e pelos brasileiros Fernando Azevedo e Leonardo Kossoy propõem uma nova perspectiva para a abordagem da fotografia. A exposição fica aberta até o dia 27 de junho e a entrada é franca.

No dia 9 de junho haverá um encontro com o curador Paulo Herkenhoff às 19h, no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia. Neste encontro, também gratuito, o curador da Bienal de São Paulo e uma das maiores autoridades do país no campo da arte contemporânea, conversa com o público sobre a proposta da exposição e os trabalhos dos fotógrafos. A exposição é mais uma das atividades que celebram os 40 anos da Fundação Clóvis Salgado, completados em 2010.

As 53 obras estabelecem nexos da presença da água na fronteira com a terra, marcantes na produção de cada um deles. Rio, mar, oceano, chuva, piscina ou poça. Praia, muro, ilha, ponte, represa, piscina ou calçada. Em Onde a Água Encontra a Terra dá sentido a cada imagem e ao conjunto delas, passando pela filosofia, pela literatura e pela história da arte.

O projeto da mostra surgiu no início de 2007, quando Fernando Azevedo, Leonardo Kossoy e Carol Armstrong se reuniram em Nova Iorque para discutir uma exposição que também se desdobrasse em uma discussão das relações entre imagem e teoria da cultura. A partir de fotografias particulares que indicavam certos interesses teóricos e situações das imagens, o grupo chegou às bases do formato que será apresentado ao público em Belo Horizonte, e que já passou pelo Rio de Janeiro e São Paulo.


Leia mais na integra: Agência Minas

Aterro sanitário é tema de encontro do Minas sem Lixões


O programa Minas sem lixões realizará, no próximo dia 11 de maio, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o “I Encontro Técnico de Operacionalidade de Aterros Sanitários”, dentro do ciclo de seminários “Sustentabilidade na Prática”. O evento, que ocorrerá no Centro de Tratamento de Resíduos Macaúbas, das 8h às 17h, contará com a participação dos gestores ambientais dos municípios mineiros que possuem aterros sanitários ou estão em fase de implantação do empreendimento.

Promovido pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e pela Fundação Israel Pinheiro (FIP), que é parceira do Governo de Minas no desenvolvimento do programa Minas sem lixões, o encontro tem como objetivo orientar os gestores para a operação, manutenção e monitoramento corretos dos aterros sanitários, seguindo as normas ambientais. “Um aterro sanitário mal operado causa sérios danos ao meio ambiente e à saúde pública, como a poluição do solo, das águas subterrâneas e do ar”, ressalta Vera Lanza, coordenadora técnica do Minas sem lixões/FIP.

De acordo com ela, o aterro sanitário é uma das técnicas mais seguras e de menor custo para a disposição no solo dos resíduos sólidos urbanos, que devem ser compactados e recobertos com uma camada de terra diariamente. “É fundamental o funcionamento adequado dos sistemas de proteção ambiental, como a coleta e o tratamento do chorume, que é um líquido de cor preta, mal cheiroso e de elevado potencial poluidor, gerado pela decomposição da matéria orgânica”, completa Lanza. Além de palestras com especialistas sobre biogás, consórcios e reciclagem de resíduos da construção civil, a programação inclui visita técnica ao aterro sanitário de Sabará, que também recebe resíduos de Belo Horizonte.

No total, serão realizados pelo programa Minas sem lixões, em 2010, 25 seminários do ciclo “Sustentabilidade na Prática”, voltados para os gestores municipais. As inscrições para o “I Encontro Técnico de Operacionalidade de Aterros Sanitários” são gratuitas e devem ser feitas pelo telefone (31) 3824.7814.


Leia mais na integra: Agência Minas

Projeto de Dinis Pinheiro estabelece tempo máximo para atendimento em agências bancárias


Respeito ao consumidor. Esta é a tônica do Projeto de Lei (PL) n.° 4206/2010 de autoria do 1º secretário, deputado estadual Dinis Pinheiro (PSDB-MG), que objetiva a celeridade no atendimento dos clientes em estabelecimentos e postos bancários do Estado. O PL, que recebeu parecer favorável por todas as comissões pelas quais passou, estabelece tempo máximo de 20 minutos para que os clientes sejam atendidos e está pronto para ser votado no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

De acordo com o parlamentar, é notório que o número de funcionários para atender à demanda de clientes é insuficiente nos bancos. “O projeto prioriza o consumidor, que tem sido o grande lesado, pois é obrigado a permanecer nas filas por tempo indeterminado, o que lhe tem causado grandes transtornos e muitos prejuízos”, ressalta o deputado. A proposta prevê que com a distribuição de senhas contendo a hora da entrada do cliente na instituição financeira, e a hora do atendimento no caixa, ficará mais fácil a fiscalização, pelos órgãos de defesa do consumidor, para o cumprimento da lei.

É previsto também que as agências bancárias situadas no âmbito do Estado deverão colocar à disposição dos seus usuários, pessoal suficiente e necessário no setor de caixas, para que o atendimento seja efetivado no prazo máximo de 20 minutos em dias normais, e de trinta minutos, em véspera e depois de feriados. O controle de atendimento ao cliente de que trata o Projeto será realizado mediante emissão de senhas numéricas emitidas pela instituição bancária, nas quais constarão: nome e número da instituição; número da senha; data e horário de chegada e de atendimento no caixa, além da rubrica do funcionário da instituição.


Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Dinis Pinheiro

terça-feira, 4 de maio de 2010

Governador Anastasia autoriza investimento no Polo de Genética Bovina

Kátia Abreu, Antonio Anastasia, José Alencar e Mariza da Silva

UBERABA (03/05/10) - O governador Antonio Anastasia participou, nesta segunda-feira (3), em Uberaba, no Triângulo Mineiro, da abertura oficial da 76ª Exposição Internacional de Gado Zebu (Expozebu), maior feira pecuária de zebuínos do mundo, promovida pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ). Durante a solenidade, o governador assinou autorização para investimento de R$ 2,14 milhões, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), destinados ao Polo de Excelência em Genética Bovina.

“Esse convênio é importante, a ABCZ já havia solicitado, e significa um passo fundamental para o avanço tecnológico. Hoje, a pecuária precisa muito da genética, o estudo do aprimoramento das raças. É mais uma parceria importante entre o setor público e o privado, entre o Governo de Minas e a ABCZ”, disse o governador, em entrevista após a solenidade.

Antonio Anastasia também assinou acordo de cooperação técnica com a ABCZ, para a implantação do curso de pós-graduação Lato Sensu “Especialização em Genética Aplicada ao Melhoramento da Produção de Zebuínos” e realização de estudos para implantação de mestrado e doutorado em genética bovina, em Uberaba. O projeto receberá R$ 200 mil de investimento do Governo do Estado, recursos que fazem parte dos investimentos autorizados pelo governador, durante a Expozebu.

Defesa sanitária

Ao lado do vice-presidente da República, José Alencar, e sua esposa Mariza da Silva, e da primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, o governador Antonio Anastasia destacou a importância do desenvolvimento sustentável, a defesa sanitária e a segurança, para o crescimento do agronegócio brasileiro.

“Há três pontos que são fundamentais para a agropecuária. A defesa sanitária é fator relevante para mantermos a qualidade dos nossos rebanhos, da nossa produção. O segundo ponto é a questão ambiental, a busca do exato equilíbrio entre a sustentabilidade, a defesa do nosso patrimônio ecológico e ao mesmo tempo a necessidade imperiosa de desenvolvermos e sustentarmos as atividades produtivas. O terceiro e igualmente fundamental se refere à questão da segurança, para o desenvolvimento integrado de todos”, afirmou o governador.

Participaram da solenidade, em Uberaba, o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer; o ministro da Agricultura, Wagner Rossi; e a senadora Kátia Abreu, presidente da Confederação Nacional da Agricultura; e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Pesquisa do genoma

Do total de R$ 2,14 milhões investidos pelo Governo do Estado no Polo de Excelência Genética, R$ 1,28 milhão serão aplicados no sequenciamento do genoma de zebuíno, desenvolvido em parceria com a ABCZ, Embrapa Gado de Leite, UFMG, Centro de Pesquisas René Rachou e Epamig. Cerca de R$ 300 mil serão destinados ao Programa de Melhoramento Genético para Gado de Leite; outros R$ 300 mil para o banco de DNA das raças zebuínas; e R$ 60 mil serão destinados ao Centro de Inteligência em Genética Bovina.

O Pró-Genética foi lançado em 2006 pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com o objetivo de viabilizar a aquisição, por pequenos e médios pecuaristas, de touros reprodutores de genética superior, ou o sêmen desses animais, durante as feiras de tourinhos promovidas em várias regiões do Estado. Todos os animais ofertados nas feiras são Puros de Origem (P.O).

Os animais com qualidade genética atestada pela ABCZ são oferecidos com preço prefixado e podem ser financiados pelo Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Crediminas, com condições de pagamento especiais. Também há linhas especiais de financiamento como as do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Desde 2006, já foram comercializados em torno de 1.400 animais.

Expozebu

A Expozebu reúne cerca de 3 mil exemplares das raças nelore, nelore mocha, gir, brahman, guzerá, indubrasil, tabapuã e sindi. A programação da feira deste ano inclui mais de 40 leilões, concurso leiteiro, atividades socioeducativas e mostras culturais. Na edição de 2009, a feira movimentou quase R$ 57 milhões com a venda de animais durante os 48 leilões realizados.

A média geral por lote foi de R$ 42,8 mil. A novidade na edição deste ano será a entrega do Mérito Parlamentar, que será feita no dia 7 de maio, a políticos que estão contribuindo para o crescimento do agronegócio.

domingo, 2 de maio de 2010